Crivella propõe cooperação entre os municípios da Região Metropolitana

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, apresentou, nesta quarta-feira (23), uma proposta de cooperação técnica entre os 21 municípios da Região Metropolitana do Estado na área de segurança pública. Esse foi o principal tema da quinta reunião geral do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), realizada no Centro de Operações Rio (COR).

Entre as reivindicações dos prefeitos estão o aumento do efetivo da Polícia Rodoviária Federal e o retorno das obras do Comperj, em Itaboraí. Eles pretendem formar uma comissão para ir a Brasília conversar com representantes do Governo Federal sobre esses dois assuntos. Crivella ressaltou que a cooperação entre os municípios deve ir além da questão da segurança pública.

“Estamos preocupados com a entrada de fuzis e munição no Estado. Também queremos a finalização do Comperj. Mas a ideia é que a gente possa se articular para outras parcerias, como fazer compras conjuntas de medicamentos, por exemplo”, disse o prefeito.

O secretário municipal de Ordem Pública (Seop), Paulo Amendola, colocou a Guarda Municipal à disposição dos outros prefeitos para cursos de capacitação e outros demandas para as quais possa ser útil.

“São João de Meriti é limítrofe com o Rio, sempre tem debandada de bandidos de lá para cá e daqui pra lá. É importante a troca de informações entre as duas prefeituras para que a gente tenha sucesso em uma possível operação de captura desses bandidos – afirmou Amendola.

A Prefeitura do Rio propôs também parcerias com os demais municípios nas áreas de urbanismo, saúde, educação e cultura. Ao final da reunião, foi apresentada a minuta de termo de compromisso de cooperação técnica. Os prefeitos ficaram de apresentar suas demandas no prazo de um mês.

Participaram do encontro prefeitos e representantes dos 21 municípios da Região Metropolitana, além dos secretários municipais Indio da Costa (Urbanismo, Infraestrutura e Habitação), Marco Antonio Mattos (Saúde), César Benjamin (Educação) e Nilcemar Nogueira (Cultura); e da subsecretária de Planejamento e Gestão Governamental, Aspásia Camargo.

Fonte:Jornal do Brasil

Comments

comments

Você também pode gostar...